10 dicas para uma decoração elegante e atemporal com móveis planejados

Compartilhe essa ideia!

Quando se pensa no primeiro apartamento de um jovem casal, muitos pré-conceitos de podem vir à mente. Pensou em decoração “moderna”, ultracolorida, luzes de neon, quadros antigos da Coca-Cola? Móveis-planejados-do-tipo-que-todo-mundo-tem (e enjoa depois dos três anos seguintes)?

No movimento contrário destes estereótipos, o projeto criado pela equipe do 0E1 Arquitetos no charmoso bairro Bom Fim, em Porto Alegre, serve de inspiração para casais (e solteiros!) de todas as idades.

Apesar de se tratar do primeiro apartamento do casal de 27 anos, nota-se o apreço pela atemporalidade dos móveis da casa (em sua maioria, feitos sob medida). Foi-se o tempo que móveis planejados eram sinônimo de “móveis da modinha”. A velha história de projetar um quarto igual ao da revista, e ele se transformar em um elefante branco na primeira mudança de casa (ou até de humor) é passado. Conversamos com Mário Guidoux e Anna Carolina Manfroi, que fizeram parte da criação deste projeto, e trouxemos 10 dicas para você fazer um décor moderno e atemporal a partir de móveis planejados. Arquitetura que não enjoa!

1) Neste apartamento, o mobiliário desenhado sob medida  foi para a cozinha, o quarto e os banheiros. Inspire-se no estilo minimalista e discreto, misturando madeiras clássicas em tons escuros com o uso do branco.

2) Na cozinha, formas retas e a ausência de puxadores garantem a neutralidade do ambiente, combinando com todos os gostos e estilos de moradores. O diferencial fica por conta do toque pessoal um: toalhas, louças, quadros, ímãs, panelas…

3) Que tal aplicar um toque de surpresa nos seus móveis? O armário do banheiro criado pelo 0E1, por exemplo, tem um interior em azul claro. Fofo!

4) “Para os móveis de varejo – cadeiras, mesas -demos preferências para designers brasileiros que usam madeiras daqui. Dessa forma se consegue uma carinha de brasilidade que não tem preço.”

5) Em meio a ambientes minimalistas, uma boa dica é investir em peças divertidas, para quebrar a neutralidade do ambiente. Neste caso, o macaquinho de Kay Bojesen e as luminárias de Tom Dixon foram escolhidas a dedo para o casal, Anna e Gabriel, fãs dos designers em questão.

6) Quer mudar a cara da sala de estar sem custo algum? Uma bela estante em tom neutro – branco, off white, gelo – serve como moldura para que você brinque de decoração, misturando livros, toy art, porta-retratos,  objetos de decoração e o que mais lhe vier à mente. No exemplo acima, o canto da sala está colorido, mas poderia estar totalmente sóbrio, em preto e branco, por exemplo. Basta trocar os objetos da estante!

7) A decoração do quarto pode ter a mesma lógica: “ao trocar os objetos do nicho, a atmosfera do quarto muda também – mas o móvel sob medida segue o mesmo.” Vale investir em um espaço “de trânsito” para você posicionar poucos e bons objetos de decoração – seja um nicho, uma bancada, uma mesa ou um baú.

8) Pode usar branco, sim! Se dizem que, na moda, o branco é o novo preto – clássico e atemporal – e na decoração não seria diferente. Abuse do tom tanto nos móveis, quanto no enxoval da casa – colchas, almofadas, cadeiras, tapetes – e contraste com tons amadeirados, criando ambientes relaxantes e sofisticados.

9) A clássica bancada da TV ganha ares de galeria de arte com livros de arte, moda e fotografia mesclados a quadros apoiados na parede. Sem prego, sem sujeira!

10) Menos é mais! A bancada da sala pode ser grande, mas nem por isso precisa estar lotada de objetos e porta-retratos. Selecione-os bem e garanta um ambiente moderno e leve. Após um cansativo dia de trabalho, tudo que a gente mais quer é relaxar.

E aí, anotou?

Fotos: Marcelo Donadussi

 

 

http://revistadonna.clicrbs.com.br

Comentários

Compartilhe essa ideia!